Judo

A classe de Judo do Externato João XXIII existe há mais de 10 anos.

A prática de atividade física e desportiva, como instrumento educacional visa o desenvolvimento integral das crianças, jovens e adolescentes; capacita o sujeito para lidar com as suas necessidades, desejos e expectativas, bem como, com as necessidades, expectativas e desejos dos outros, de forma que possa desenvolver as competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social.

O que é?

A palavra JUDO significa “via da suavidade”.

O Judo teve origem na intenção do professor Jigoro Kano* quando procurou sistematizar as técnicas de uma arte marcial japonesa (Jiu-jitsu), fundamentando a sua prática em princípios filosóficos bem definidos, a fim de torná-la um meio eficaz para o aprimoramento do físico, do intelecto e do caráter.

O Judo, ao incutir as ideias de disciplina, auto-controlo e competitividade, leva a que seja um dos desportos de iniciação mais procurado. Tem que ser, por isso, uma modalidade acompanhada de um grande controlo individualizado e específico.Tem sempre em conta a etapa de desenvolvimento motor, cognitivo e afetivo de cada criança, a fim de adequar os padrões de movimentos, indo ao encontro da sua capacidade de realização e promovendo o seu progresso de acordo com sua maturação.

“O judo é um meio especialmente apropriado para permitir o desenvolvimento na iniciação desportiva infantil, educando através do movimento.”
(Farah, 2004)

Jigoro Kano: lniciou a prática de jiu-jitsu em 1877, através do qual criou o judo, eliminando os golpes que poderiam provocar lesões. Baseou-se em três princípios – máxima eficiência no uso da energia, prosperidade e benefício mútuo; e procura constante pela perfeição física e mental. Fundou a Kodokan (escola para ensino do caminho – judo) em 1882. Com esta adequação educacional, o judo foi transformado em disciplina de educação física nas escolas. Kano foi Membro do Comité Olímpico Japonês e posteriormente do Comité Olímpico Internacional, tendo falecido em 1938.

Benefícios do Judo

O treino regular de Judo proporciona aos seus praticantes vários benefícios, tanto ao nível da condição física como na dotação de valores morais para a vida, como: o respeito mútuo, confiança, adaptação, cooperação, cedência, humildade, responsabilidade, conhecimento do seu próprio corpo e aumento das capacidades físicas, redução da ansiedade, aumento da concentração, estimulação da criatividade, cumprimento de regras, reconhecimento do esforço como um valor, desenvolvimento do auto-controlo e da autoconfiança.

Assim e de um modo geral, o Judo procura o desenvolvimento em três aspectos principais:

  • Melhoria da condição física: num mundo cada vez mais sedentário e onde a obesidade infantil tende a aumentar, o treino de Judo permite um gasto calórico e treino físico saudável. Promove e treina a coordenação motora, flexibilidade e equilíbrio, como todos os factores psicomotores (esquema corporal, tonicidade, motricidade global e fina, orientação espácio-temporal, lateralidade;) ou aspectos meramente musculares (velocidade, resistência, flexibilidade, potência e força).
  • Concentração: a aprendizagem e execução dos movimentos técnicos implica, da parte do praticante, atenção, memorização, visualização e empenho. Normalmente, os jovens que praticam Judo apresentam maior capacidade de concentração, tolerância, perseverança e tenacidade.
  • Autoconfiança: ao sentir que se pode defender com eficiência (nem sempre é a força que prevalece, mas o saber aproveitar a força do outro em benefício próprio), o praticante ganha mais confiança e encara qualquer situação violenta com tranquilidade, diminuindo insegurança e a propensão para o conflito e aumentando o auto-controlo e a auto-estima.

A UNESCO reconheceu o Judo como um dos desportos mais adequados para a prática das crianças e adolescentes, tendo em conta os seus valores educativos.

Método

O judo pode valer-se de variadas atividades físicas apropriadas, que promovem a iniciação do desenvolvimento motor de acordo com cada faixa etária específica.

Durante o treino os praticantes aprendem técnicas seguras que lhes permitem aproveitar ao máximo o treino, sempre num ambiente descontraído. A metodologia de treino focará sempre o trabalho, partindo dos movimentos globais para movimentos mais específicos. As atividades lúdicas serão um meio para desenvolver as habilidades motoras e permitir através da recreação, a evolução progressiva do desenvolvimento da criança a todos os níveis/áreas de desenvolvimento. Um dos objetivos é desencorajar sempre os comportamentos agressivos no treino e fora dele, sendo por sua vez seguido e encorajado o código moral do jogo:

  • CORTESIA, é respeitar os outros
  • CORAGEM, é fazer o que é justo
  • HONRA, é manter a palavra
  • CONTROLO, é ficar quieto quando a raiva aparece
  • SINCERIDADE, é expressar-se sem ocultar os seus sentimentos
  • MODÉSTIA, é falar de si sem vaidade
  • AMIZADE, é o mais puro dos sentimentos humanos
  • RESPEITO, sem respeito, não há confiança

Instrutor: Mariana Faria Gomes

“O sucesso de ser um medalhista olímpico é uma glória para poucos, o sucesso em ser um indivíduo íntegro, com saúde e que saiba edificar uma sociedade mais justa, é responsabilidade dos educadores.” (Farah, 2004)

Atleta federada desde 1 de Janeiro de 2002
Graduação: 1º Dan

Licenciada em Reabilitação Psicomotora pela Faculdade de Motricidade Humana (2010-2013), 1º Dan de Judo – Cinto Negro, pela C. D. Graduações da Associação de Judo de Santarém desde 2009, atleta do Judo Clube Riachos desde 2001, portadora da certificação de Treinadora de Judo – Grau I, Titulo Profissional nº80249.

Medalhada várias vezes em competições a nível nacional, desde os escalões mais jovens. Pertenceu ao comité de atletas da selecção nacional de Judo da FPJ – Federação Portuguesa de Judo, nos escalões de Cadetes, Juniores e Séniores.

Foi reconhecida com um Diploma de Mérito pelo “Reconhecimento dos Resultados Obtidos” durante a época de 2008, pela Associação de Judo de Santarém.

Para inscrições ou mais informação sobre esta atividade entre em contacto connosco.